domingo, outubro 24, 2010


Eu preciso aprender a ser menos...

13
Menos dramática. Menos intensa. Menos exagerada. Alguém já desejou isso na vida: ser menos? Pois é. Estranho. Mas eu preciso. Nesse minuto, nesse segundo, por favor, me bloqueie o coração, me cale o pensamento, me dê uma droga forte para tranqüilizar a alma. Porque eu preciso. E preciso muito. Eu preciso diminuir o ritmo, abaixar o volume, andar na velocidade permitida, não atropelar quem chega, não tropeçar em mim mesma. Eu preciso respirar. Me aperte o pause, me deixe em stand by, eu não dou conta do meu coração que quer muito. Eu preciso desatar o nó. Eu preciso sentir menos, sonhar menos, amar menos, sofrer menos ainda. Aonde está a placa de PARE bem no meio da minha frase? Confesso: eu não consigo. Nada em mim pára, nada em mim é morno, nada é pouco, não existe sinal vermelho no meu caminho que se abre e me chama. E eu vou... Com o coração na mochila, o lápis borrado, o sorriso e a dúvida, a coragem e o medo, mas vou... Não digo: "estou indo", não digo: "daqui a pouco", nada tem hora a não ser agora. Existe aí algum remedinho para não-sentir? Existe alguma terapia, acupuntura, pedras, cores e aromas para me calar a alma e deixar mudo o pensamento? Quer saber? Existe. Existe e eu preciso. Preciso e não quero.

Fernanda Mello

13 comentários:

Thayná disse...

gamei *-*identifiquei,também preciso de menos e não quero alguém que o seja .^^

http://thaynadamascena.blogspot.com/

Paulinha Magna disse...

Adorei o texto.. eu sou assim tmb!
Mas tambem não quero ser menos! =/

Rengaw disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rengaw disse...

Errei no comentário. Enfim, adorei seu blog e seu modo de escrever. Te achei muito talentosa, se quiser ler o meu blog: http://pensadoenaodito.blogspot.com/

Amanda B. Dornelles disse...

Gostei do assunto e da maneira meio pausada e despojada de escrever. Como crítica, deixo apenas a questão do design do blog, que é meio colorido e atrapalha um pouco se você fica lendo por bastante tempo. Mas, no geral, gostei mesmo!

http://educacaoalienista.blogspot.com/

@anacamura disse...

eu adorei!
conhecia esse texto já , e as vezes sinto que devo ser menos intensa tbm ;x
http://bittersweetzpace.blogspot.com/

Cláudio Luiz Almeida disse...

O melhor texto que lí hoje! Você é ariana? Bem típico de nós arianos sermos mais...mas afinal, não seja menos não, a graça é ser mais e consumir tudo ao mesmo tempo com o vigor da sua juventude, um dia isso passa naturalmente. Bjs!

Losterh disse...

Bom, isso foi um exagero.

Diogo Figueiredo disse...

é, um pouco dramático, mas o drama faz parte da vida

Marcos de Sousa disse...

O texto foi um próprio exagero, mas isso é bom. Melhor viver no exagero que na mesmice.

# Érikα Teixeirα disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
# Érikα Teixeirα disse...

Vejo que alguns não leram o texto todo, pois nao entenderam... mas mesmo assim agradeço pelos elogios, criticas e principalmente pela visita:) Mas explicando: no começo do texto diz que eu preciso aprender a ser menos, mas no final esclarece: Preciso e não quero.

Ana C. e Laura* ! disse...

Eu preciso sentir menos, sonhar menos, amar menos, sofrer menos ainda. preciso mesmo, e não quero também, acho que eu não seria eu se não fosse assim.
Lindo texto, parabéns !

Postar um comentário

Opiniões, elogios e críticas construtivas, são sempre bem-vindas (:
Quero que saiba que SUA opinião é muito importante para mim, mesmo sendo um elogio ou uma critica, eu me importo. Respondo a maioria dos comentários e retribuo todas as visitas, portanto, não fique calado: expresse a sua opinião & Volte sempre !